terça-feira, 26 de maio de 2009

São Sadomasoquismo.


Querer morrer em meus braços é como querer tocar o Sol e falecer antes mesmo de se aproximar.
Querer-me pra si é tão profundo quanto não sei nadar.
Querer ou não querer, eis a questão?
Se não sabe, não pronuncie seu fascino. Não catives com suas palavras de desejos, algo que você não sabe como lidar durante o momento em que está pra você.
Onde está você aqui?
Onde está você agora?
Leia e descubra onde está você.
Leia, mas não procure com os olhos
...você procurou com os olhos, assim fez errado.
Leia,
E quando for descoberto, você ficará encantada (o) com tudo que irá ler.

por Crônica Mendes

Um comentário:

PERIAFRICANIA disse...

Salve irmão de fé! Tamo junto e misturado e obrigado por tudo que vc tem feito pela noassa amizade!
Muito respeito por ti.

Jairo Periafricania