terça-feira, 7 de agosto de 2012

O Paraíso (Poesia inédita)

http://1.bp.blogspot.com/_0sETmg8DPPU/TMtka1hg6EI/AAAAAAAACXY/k35hjckc6Xc/s1600/chuva_estrelas.jpg
O Paraíso (Poesia inédita)

Queria escrever uma música sobre o Paraíso, sobre as pessoas que estão presas em opiniões mentirosas, politicas... Sobre animais que não vão mais voltar para casa, sobre meninos e meninas que não vão mais voltar para casa.
Queria escrever sobre aquela senhora que descobriu o prazer de ler e escrever num tempo em que poucos dão valor. Um Paraíso diferente desses dos livros religiosos, dessas figuras, um paraíso sem culpa, onde o maior propósito é viver da forma mais bela e livre, sem algemas nos pulsos, mentes e corações... Um verso sobre como é bom ser simples, pois a simplicidade exige mais coragem. Uma rima sobre o beijo, a chuva que lavou a alma, e as lágrimas que abraçaram o sorriso num balé de felicidade.
Queria escrever sem pensar tanto sobre o que, as vezes pensar de mais perde-se o tempo da ação.
Acho que tenho que fugir daqui para escrever sobre sei lá o que, mas preciso fugir. Perdido as palavras me encontram.
Talvez vez numa lembrança escondida lá onde nunca antes pude visitar, nem mesmo num sono profundo deitado no momento em que o Sol vem nascer. Queria escreve sobre o reencontro matando a saudade de alguém.

Talvez escrever sobre tudo isso seja o próprio Paraíso.

Crônica Mendes

2 comentários:

Tatiana-Brasília/DF disse...

Cada vez melhor...O Poeta Crônica Mendes...

Bruno Martins disse...

parabens crônica pelas palavras,essa é a verdadeira poesia feita com amor e alma.Que DEUS ilumine sua caminhada.
Bruno Martins,Itupeva-SP.