segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Meu erro


Meu erro

Os erros que escrevo,
São os frutos do que me ensinaram ser.
Os acertos,
É o resultado do meu estudo.
O livro aberto
Devorado sem pressa,
Minha mente aberta
Meu universo paralelo
Na terra.

Cada palavra toma teu rumo
E quando penso que é o fim
É o começo de tudo

A folha em branco se vai,
Dando lugar aos rabiscos,
Aos contos, encontros, desencontros.
Narrando vidas,
Que não só a minha
Buscando sentimentos
Que não os meus.

Meus erros não são corrigidos,
Pois fazer isso,
Seria mentir pra mim mesmo.
O erro é natural
O descaso seria
Não pedir perdão.

por Crônica Mendes

4 comentários:

Anônimo disse...

Nossa Cronica, que perfeição... suas palavras tem o dom de tocar o mais profundo dos corações sejam elas escritas ou cantadas. Parabéns! Vejo que o tempo tem te aperfeiçoado.Abraços da amiga M..oly

Crônica Mendes disse...

Obrigado grande amiga. Fico grato em receber você e suas palavras.

Abç

Anônimo disse...

Boa noite, será que existe a possibilidade de vc postar seu email aqui no blog ou em outro lugar, A Família estará, ou esteve em algumas escolas aqui de Sumaré, haverá (na Escola) um Grande Show de Talentos, das crianças. Gostaria de tratar sobre esse assunto. Grata

Crônica Mendes disse...

Oi.

Neste caso,
o email é:
contato@afamiliarap.com.br
ninafideles@gmail.com

Site Oficial
www.afamiliarap.com.br

Ops: Deixe seu nome por favor. Anonimo é tão chato, não sabemos quem agradecer. Ok