domingo, 19 de junho de 2011

Rap. O canto falado

O Brasil tem um hino.
A periferia tem vários.
Rap Nacional, o canto falado.
A rima que alimenta o sonho narrando a realidade.
Os versos e dialetos em perfeita pariedade.
O grito não é atoa, a dor não é um sentimento, mas pode ser sentida.
A mistura do que fomos e do que somos é a raiz da nossa vida.
O Futuro, não foi cantando por Caetano.
O presente está na boca do povo,
mas o passado não sae da memória, pois o gosto, amargo, ainda vem na língua.
Regurgito minha revolta, o nojo.
Ressalto meu lado, o povo
Assassino a ignorância, despertando pro saber
Renasço toda vez que choro.
Tentando entender.


Crônica Mendes

5 comentários:

André Luis de Vasconcelos disse...

Renasço toda vez que choro - Frase loka mano loko loko Andre Vasconcelos

Daniela Mara disse...

Concordo com amigo sempreAndre - Renasço toda vez que choro...mas ainda vou além...renasço cada vez que vejo talentos como vc´s e leio tão bem colocadas palavras..que juntas além de trazerem nexo em sua rima...trazem a mensagem de: FIQUEMOS ANTENTOS AO REDOR!

Karla disse...

"O Brasil tem um hino.
A periferia tem vários." E só quem é "dela" sabe quais são...

japao disse...

Regurgito minha revolta, o nojo.
Ressalto meu lado, o povo
lokooo demais!!!

Crônica Mendes disse...

Obrigado gente.
Vcs são sempre bem vindo aqui.

Forte Abraço.