quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Quem nos deu Deus?


Quem nos deu Deus?

Maria mãe de Deus,
Quem nos deu Deus?
Ô linda mulher da pela clara,
Sob o sol a sombra da cruz no calvário.
Quem nos deu?

Maria Madalena
Ô Deusa injustiçada,
Castigada pelos inícos.
Teu corpo perseguido como troféu,
Tua história deturpada
Por incrédulos.
Teu corpo,
Á Taça.
O Graal
Cruzes!
Ô Vênus
Ô Deusa...

Maria da graça
Mulher de gestos nobres,
Mulher mãe,
Mulher preciosa,
Como humano
Como força
Como fé...

Santa seja nossa palavra,
Ô Maria mãe.
A nós filhos teus,
Ainda que outros escondidos,
A verdade os revelará.

...continua

por Crônica Mendes

3 comentários:

Crônica Mendes disse...

Rs... Então, ObrigADO pelo carinho de sempre!

Anônimo disse...

...Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto "caçador" e fazem qualquer homem sofrer ...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom...
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos
todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas
as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.

Mário Quintana

Daniela disse...

Bonito blog, parabéns!